gototopgototop

Referência em Fisioterapia na Internet

Referência em Fisioterapia na Internet


Convênio - Estácio - FisioWeb
gototopgototop
Artrose e os Benefícios que o Pilates pode Proporcionar Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 38
PiorMelhor 

 

O FisioWeb em Foco visitou novamente o Studio ALC Pilates, localizado no RJ e conversou com a Dra. Deise Ferreira de Lima Matos - Bacharel em Fisioterapia pela FRASCE, Instrutora de Pilates, com formação em RPG, Auriculoterapia, Acupuntura Craniana e Terapias manuais.

Nesta nova oportunidade, o FisioWeb em Foco procurou conhecer um pouco mais sobre os benefícios do Pilates para quem tem Artrose, confira:

 

FisioWeb em Foco – O que é Artrose?

Dra. Deise Matos - Artrose ou osteoartrose é o nome dado ao processo de degeneração (deterioração) da cartilagem, fazendo com que aja uma diminuição, podendo chegar à perda total, do espaço existente entre os ossos das articulações.

 

FisioWeb em FocoO que é cartilagem?

Dra. Deise Matos Cartilagem articular ou cartilagem hialina é uma estrutura que está presente nas extremidades ósseas das articulações. É um tecido composto principalmente fibras de colágenos tipo II, responsáveis pela resistência, os proteroglicanos (glicosaminas e condroitinas) responsáveis pela elasticidade. Todos os elementos estão mergulhados em água, que corresponde cerca de 85% do peso do tecido cartilaginoso e, por isso, ajuda na absorção de estresse mecânico e tração.

 

FisioWeb em FocoQual a função da cartilagem nas articulações?

Dra. Deise Matos As funções principais da cartilagem são: garantir o deslizamento das superfícies articulares entre si de maneira suave e sem atrito, suportar as pressões pelas articulações e a distribuir de maneira uniforme as pressões intra-articulares.

 

FisioWeb em FocoQuais articulações podem ser atingidas?

Dra. Deise Matos A artrose pode surgir em qualquer articulação, sendo as mais comuns: os dedos, os ombros, os quadris, os joelhos (também chamadas de gonartrose) e a coluna vertebral (também conhecidas como “bico de papagaio”), principalmente nas regiões cervical e lombar, por terem maior mobilidade.

 

FisioWeb em FocoSó há um tipo de artrose?

Dra. Deise Matos Elas podem ser classificadas em 2 grupos: primárias, são aquelas que se desenvolvem em pessoas que já tem uma pré-disposição genética, para alguns estudiosos; ou que tem uma pré-disposição imunológica, para outros estudiosos que acreditam ser uma patologia auto-imune. E as secundárias, são aquelas oriundas de alguns fatores como a idade, a obesidade, micro-traumas articulares de repetição, prática de esporte de alto impacto, sobrecargas de maneira geral e outros.

 

FisioWeb em FocoComo surge?

Dra. Deise Matos Em geral, com os impactos excessivos ou abruptos nas articulações vão desgastando a cartilagem, perdendo sua capacidade de absorver tais pressões até que se deteriorem por completo. Com isso, o espaço entre os ossos da articulação envolvida vai diminuindo, aumentando o contato entre as superfícies e esse atrito provoca o desenvolvimento de uma estrutura chamada de osteófitos, que é a formação de um novo osso na articulação afetada, podendo ser observada por exame simples de radiografia. Com o passar do tempo essa articulação pode perder a amplitude de movimento, apresentar deformidades expressivas e até mesmo tornar-se imóvel.

 

FisioWeb em FocoQuais os sinais e sintomas?

Dra. Deise Matos A dor é um sintoma marcante nos pacientes com artrose que pode ser de intensidades variadas dependendo do estágio da patologia, da época do ano, uma vez que se torna mais aguda nos dias de baixa temperatura conforme observam a maioria das pessoas. Além disso, pode-se ter uma crepitação audível (rangido) ou apenas palpável; sinais de inflamação como aumento da temperatura local e edema; dificuldades de realizar movimentos com a amplitude completa.

 

FisioWeb em Foco Como tratar?

Dra. Deise Matos Por ser uma patologia reumática, dá-se preferência pela procura de um reumatologista para que sejam realizados todos os exames necessários para o descarte de qualquer outra patologia reumática com sintomas semelhantes e inicie o tratamento clínico com medicamentos adequados em cada caso.

A fisioterapia é indica objetivando também a diminuição dos sinais e sintomas com o uso de todos os recursos terapêuticos existentes e a introdução de exercícios possíveis para o fortalecimento muscular e estabilização da articulação envolvida.

Tanto o médico como o fisioterapeuta dará orientações do que o paciente pode ou não fazer para evitar a piora dos sinais e sintomas e, conseqüentemente a contribuição da melhora dos mesmos.

Algumas pessoas que, por apresentarem um estágio muito severo da artrose, não respondem mais aos tratamentos convencionais e paliativos; para esses casos, existe a indicação de cirurgia para a colocação de uma prótese parcial (onde ocorre a substituição de apenas uma superfície óssea da articulação em questão) ou uma prótese total (onde a substituição é de toda a articulação envolvida). Então, após a liberação médica, o paciente precisa voltar às sessões de fisioterapia para que sua função seja restaurada.

 

FisioWeb em FocoComo o Pilates pode ajudar no tratamento?

Dra. Deise Matos Dentre os recursos terapêuticos da fisioterapia, o profissional devidamente habilitado, pode lançar mão do Método Pilates, para reabilitação desse paciente. Os exercícios devem sempre respeitar as limitações de cada um, como a amplitude e dores articulares, e a intensidade da resistência das molas a ser vencida quando forem utilizados os aparelhos ou faixas elásticas. É importante que o grupamento muscular em torno da articulação envolvida seja alongado e fortalecido na intenção de diminuir o contato entre as superfícies ósseas e, conseqüentemente, a pressão intra-articular e a dor.

No Pilates há vários exercícios que podem ser realizados sem sobrecarga, favorecendo com isso, a articulação atingida e facilitando a execução do movimento sem desconforto. O profissional deve está sempre atento e corrigir, sempre que necessário, a postura do aluno evitando compensações desnecessárias que podem prejudicar tanto a articulação em questão como qualquer outra.

 

FisioWeb em FocoQuando começar?

Dra. Deise Matos A melhor maneira de prevenir, retardar o surgimento das artroses e tratá-las é através atividades físicas. Quanto mais cedo a prática melhor. Pra quem é sedentário, principalmente, uma vez diagnosticada a artrose, o ideal é que se procure começar imediatamente ou assim que obtiver a liberação médica ou fisioterápica. Vale lembrar que há situações em que o melhor remédio é o repouso somado ao uso da medicação e as sessões de fisioterapia apenas, até que haja diminuição do quadro agudo de sinais e sintomas, para posteriormente iniciar a prática do Pilates ou qualquer outra atividade física.

 

Depoimento de uma Aluna:

Aluna Irene Alves – aluna do Studio ALC Pilates desde Fev/11 – cuja hipótese diagnóstica era gonartrose à direita, ou seja, artrose no joelho direito:

“Há 1 ano e 4 meses atrás resolvi freqüentar aulas de Pilates com a pura intenção de fazer uma atividade física, após pesquisar seus efeitos em relação à boa postura, fortalecimento muscular, etc. Durante a avaliação preliminar, relatei sintomas de dores constantes no joelho direito, porém jamais esperei resultados tão favoráveis. Após alguns meses de prática já não sentia dor alguma, podendo andar normalmente, subir e descer escadas, enfim, fazer as atividades do dia a dia sem qualquer dificuldade, o que não acontecia antes.”

 

 




Fisioterapeuta e Instrutora de Pilates

Deise Matos


Telefone: (21) 96445-3063

E-mail: fstdeisematos@gmail.com

- Aulas Especiais para 3ª idade - Alívio das Dores -
- Correção Postural - Fortalecimento Muscular -
e muito mais...

- Marque já uma Aula Experimental -


 


Reportagem por: Gilberto Fernandes.

Fotos por:
Alexandre Santos.

Modelo das fotos:
Irene Alves



Artigos Relacionados:
 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack