gototopgototop

Referência em Fisioterapia na Internet

Referência em Fisioterapia na Internet

FisioWeb em Foco

Reportagens
FisioVídeos

Acesso - Usuário



Nossos Sites

Inform@tivo

Assinar

Assine e receba periodicamente os nossos comunicados e promoções de produtos e eventos.
Termos e Condições de Uso

Buscador - Artigos

Publicidade

Banner
Banner
Banner
Banner
Banner

Convênio - Estácio - FisioWeb
gototopgototop

Inform@tivo

Assinar

Assine e receba periodicamente os nossos comunicados e promoções de produtos e eventos.
Termos e Condições de Uso
Fisioterapia Gerontológica Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 

 

Trabalho realizado por:

Cristina Ribeiro - Equipe FisioWeb

- Fisioterapeuta Gerontóloga no Atendimento Individual e em Grupo para Pessoas Idosas
- Especialista em Gerontologia pela Universidade Federal de SP (UNIFESP) 2004
- Mestranda em Gerontologia pela PUC-SP (2011)

 

Envelhecimento: O aumento no número de idosos na população mundial não é fenômeno novo. Entre 1960 e 2025, o Brasil deverá passar da 16ª para a 6ª posição mundial em termos de números absolutos de indivíduos com 60 anos ou mais (GARRIDO MENEZES, 2002; KALACHE, 1987;NETTO, 2002; RAMOS, 1987).

Mudança no perfil da população: ao invés de processos agudos que “se resolvem” rapidamente (pela cura ou óbito), as doenças crônicas e suas complicações tornaram-se predominantes (GARRIDO & MENEZES, 2002).

Conseqüência: aumento de incapacidades e dependência; o que levou à maior utilização dos serviços de saúde.

É dentre os profissionais que fazem parte desta equipe, se encontra o profissional fisioterapeuta.

Definição de Fisioterapia: Segundo Deliberato (2002), a fisioterapia é a ciência que tem como objeto de estudo, o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, tanto nas alterações patológicas quanto nas repercussões psíquicas e orgânicas.

Funções do fisioterapeuta: atuação na área da prevenção e reabilitação, o que envolve uma avaliação e intervenções por meio de exercícios e agentes físicos como a água, o calor, o frio e a eletricidade.

Especialidades: a fisioterapia possui diversas áreas de especialização, dentre elas a voltada para as pessoas idosas, podendo ser denominada fisioterapia geriátrica e/o fisioterapia gerontológica.

Definição de Gerontologia: é uma disciplina científica interdisciplinar, cujas finalidades são o estudo dos idosos, as características da velhice enquanto fase final do ciclo de vida, o processo de envelhecimento e seus determinantes biopsicossociais.

A gerontologia torna-se então, uma ciência que considera o indivíduo idoso como um ser complexo e que necessita de uma visão holística, ou seja, uma visão que articula os aspectos fisiológicos, psicológicos, culturais e sociais NETTO (2006).

Abordagem: diante disto o fisioterapeuta especialista em gerontologia deve ter um conhecimento amplo, e abrangente das questões que envolvem o paciente idoso, o processo do envelhecimento e a velhice, necessário tanto para atender ao paciente, quanto para interagir com a equipe de profissionais.

Escassez: faltam profissionais qualificados para atuar nesta área da fisioterapia.

Aspectos: De acordo com Netto (2006), considerar aspectos como histórico clínico, familiar, social e psicológico do idoso, buscando a integração multidisciplinar, além do envolvimento com a família e cuidadores, são alguns dos itens que devem estar presentes na abordagem que o fisioterapeuta especialista em gerontologia deve ter.

Definição de Fisioterapia Gerontológica: é a área da fisioterapia especializada no atendimento da pessoa idosa, podendo atuar na prevenção e reabilitação, com o objetivo de promover a independência funcional do idoso para as tarefas básicas de vida diária, no intuito de minimizar as conseqüências das alterações fisiológicas e patológicas do envelhecimento, contribuindo assim na melhora da qualidade de vida.

Consiste na realização de um atendimento global ao paciente, iniciando com uma avaliação detalhada e podendo ter como plano de tratamento, o treino de equilíbrio e marcha; ganho de força muscular, flexibilidade e propriocepção; prevenção de quedas por meio de orientações e adaptação ambiental; e muitas outras condutas de acordo com as necessidades de cada idoso.

Para exemplificar, cito um atendimento fisioterapêutico não especializado no idoso, no qual o profissional atenderia o paciente, abordando-o da seguinte forma: caso clínico-paciente idoso, de 68 anos com dor nos joelhos devido artrose. Neste caso, o profissional estaria levando em conta apenas a patologia do paciente.

Se este mesmo caso fosse visto através de uma abordagem fisiogerontológica, o mesmo caso clínico seria: paciente idoso, de 68 anos, viúvo, mora sozinho, pai de 4 filhos,  aposentado, que tem dor nos joelhos por causa da artrose, devido ao fato de ter trabalhado durante 30 anos como lavrador e hoje está restrito em suas atividades sociais devido a dor, pois não consegue mais caminhar a longas distâncias.

Neste segundo caso, o fisioterapeuta, por ser especialista em gerontologia, vai ter uma abordagem mais global do paciente; vai tratar dos joelhos do idoso, além de considerar todo o seu contexto social, o que é muito importante para o bom andamento da fisioterapia.

Todos estes questionamentos sobre a história de vida do paciente devem ser incluídos na avaliação que o fisioterapeuta, especialista em gerontologia, precisa ter ao abordar o idoso; além, é claro, de uma anamnese minuciosa, de uma avaliação fisio-funcional, da verificação do acesso à rede de suporte social, da atenção às relações familiares e atividades de lazer, entre outros fatores.

O exemplo que acabei de citar nos faz refletir sobre a necessidade da qualificação profissional quando se trata do atendimento ao idoso; contribui, igualmente, para que este  novo campo do saber - a fisioterapia gerontológica -  ganhe cada vez mais espaço, com o intuito de possibilitar respostas interdisciplinares às novas e variadas demandas surgidas com o atual processo de envelhecimento populacional.

 

Novo olhar: Por se tratar de enfoque gerontológico, a fisioterapia gerontológica consiste em:

  • uma abordagem integral e humanizada do idoso, enfocando as particularidades do processo do envelhecimento, mas valorizando sua singularidade;

  • abordar o paciente como sujeito de uma história de vida e não apenas como um “objeto” portador de doenças próprias do envelhecimento;

  • abordar o paciente como protagonista de uma história e não vítima dela;

  • uma escuta interessada por parte do profissional, objetivando buscar informações para melhor poder entender o paciente.

Todo este conjunto de atitudes assumidas pelo fisioterapeuta faz com que o tratamento não se restrinja apenas nas questões físicas, mas também valoriza os aspectos psicossociais do idoso, a sua interação com a família, seus papéis sociais, atividades de lazer e motivação no dia-a-dia. Aspectos estes que se forem observados pelo fisioterapeuta, o andamento do tratamento poderá ter resultados muito satisfatórios.

 

Referëncias Bibliográficas:

DELIBERATO, P. C. P. Fisioterapia Preventiva Fundamentos e Aplicações. 1º ed.; São Paulo; Editora Manole, 2002.

GARRIDO, R.; MENEZES, P. R. O Brasil está envelhecendo: boas e más notícias por uma perspectiva epidemiológica. Revista Brasileira de Psiquiatria. São Paulo, v. 24 (Supl I), p. 3-6, 2002.

KALACHE, A. et al. O envelhecimento da população mundial. Um desafio novo. Revista de Saúde Pública. São Paulo, v. 21 (3), p. 200-210, 1987.

MINAYO, M. C. S. O Desafio do Conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. Hucitec – ABRASCO; São Paulo/ Rio de Janeiro. 2000.

NETTO, M. P. Gerontologia- A velhice e o envelhecimento em visão globalizada. São Paulo: Editora Atheneu., 2002.

____________. Gerontologia como Disciplina e a Ciência do Envelhecimento. In: FREITAS, V. E; et. al. Tratado de Geriatria e Gerontologia. 2ª ed.; Rio de Janeiro; Editora Guanabara Koogan, 2006.

RAMOS, L. R. et al. Envelhecimento populacional: uma realidade brasileira. Rev. Saúde Pública. São Paulo, v. 21 (3), p. 211-24, 1987.

 

Obs.:

- Todo crédito e responsabilidade do conteúdo é de seu autor.

- Publicado em 07/08/2010

 


Trabalho realizado por:

Cristina Ribeiro - Equipe FisioWeb

- Fisioterapeuta Gerontóloga no Atendimento Individual e em Grupo para Pessoas Idosas
- Especialista em Gerontologia pela Universidade Federal de SP (UNIFESP) 2004
- Mestranda em Gerontologia pela PUC-SP (2011)

Artigos Relacionados:
 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack